terça-feira, 17 de agosto de 2010


"Era preciso que fosse um momento absolutamente perfeito. — Ele foi dizendo, uma tarde afinal de Junho. Ela esperava, ele respirou sete vezes, profundamente. Eu não consigo entender nada do que se passa meu amor secreto, meu amor calado."

Caio Fernando Abreu.

Nenhum comentário: