terça-feira, 4 de maio de 2010

Amarrei uma venda nos olhos
Lancei os remos no mar
Rasguei o mapa do caminho
Onde eu ia me encontrar

Feito cabra-cega
Confio no rumo que a vida tomar (...)

(Cabra Cega - Anna Luisa)

Nenhum comentário: