quinta-feira, 16 de setembro de 2010




"Era um homem com sombra de cachorro/ que sonhava ter sombra de cavalo/ mas era um homem com sombra de cachorro/ e isto de algum modo o incomodava.// Por isto aprisionou-a num canil/ e altas horas da noite/ enquanto a sombra lhe ladrava/ sua alma em pelo galopava".

Affonso Romano de Sant'Anna., Do livro "O Homem e sua sombra".

Um comentário:

Julie disse...

Lindo esse trecho!